Notícias Fecomercio

7 de março de 2019

Desigualdade entre homens e mulheres no trabalho permanece


Melhoria é de apenas 1,9% em quase 30 anos

A lacuna de gênero no trabalho permaneceu quase igual nos últimos 27 anos, e, em 2018, a probabilidade de uma mulher trabalhar foi 26% inferior que a de um homem. O indicador mostra uma melhoria de apenas 1,9% com relação a 1991, segundo estudo da Organização Mundial do Trabalho (OIT).

Voltar para Notícias