Notícias Fecomercio

10 de maio de 2019

FecomercioSP aponta que 62% dos paulistanos comprarão presentes no Dia das Mães


Segundo a Entidade, o valor médio que deve ser gasto com presentes caiu de R$ 284 para os atuais R$ 245

Menos disposição para ir às compras e redução da confiança do consumidor, em decorrência do momento econômico apreensivo, já causam reflexos no Dia das Mães, que promete ser modesto neste ano. A porcentagem de pessoas que pretendem presentear suas mães no próximo domingo caiu um ponto porcentual e atingiu 62% – ante os 63% em 2018 –, enquanto os que não pretendem presentar continuam os mesmos 20% do ano anterior. É o que aponta a sondagem realizada no dia 3 de maio com 1,12 mil entrevistados na capital paulista pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).
Ainda conforme a amostragem, dos 20% que não pretendem presentar a mãe, 10% estão desempregados e 42% não têm condições financeiras ou estão endividados. Outros 29% alegaram outros motivos para não comprar o presente. Contudo, 52% responderam que poderiam aproveitar um preço menor, ainda que depois da data comemorativa.

Metade dos comerciantes analisados (50%) disse que está realizando promoções de Dia das Mães. Entre essas promoções, 72% disponibilizaram descontos especiais, seguidos de ofertas especiais e sorteios de brindes, ambos com 18%.

O resultado vai ao encontro da recomendação da FecomercioSP: realização de promoções, ainda que para isso seja necessário diminuir a margem de lucro. Outra forma de atrair o cliente e garantir a venda é oferecer desconto no pagamento em dinheiro, boleto ou débito, o que ainda ajuda no giro de fluxo de caixa. O setor de perfumaria ainda tem a possibilidade de oferecer os produtos no Dia dos Namorados. Mas eletrodomésticos e eletrônicos, por exemplo, só terão mais chances na Black Friday, ainda distante. Confira a matéria completa aqui.

 

Voltar para Notícias